Rádio Central Angico - Ba: New Hit: Ato de protesto no 1º dia do julgamento contará com apoio de prefeitos

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

New Hit: Ato de protesto no 1º dia do julgamento contará com apoio de prefeitos

New Hit: Ato de protesto no 1º dia do julgamento contará com apoio de prefeitos
Foto: Tiago Melo/ Bahia Notícias
Caravanas de mulheres, entidades, como a organização internacional Marcha Mundial das Mulheres, e pelo menos oito prefeitos de cidades baianas participarão de uma manifestação na próxima segunda-feira (18), às 9h, em frente ao Fórum do município de Ruy Barbosa, na Chapada Diamantina baiana. A informação é da presidente da Comissão de Direitos da Mulher na Assembleia Legislativa, deputada Luiza Maia (PT), que está à frente das articulações para promover protestos durante os três dias de julgamento dos integrantes da banda New Hit, acusados de estuprar duas adolescentes após um show na região em agosto do ano passado. De acordo com a parlamentar, que nasceu em Ruy Barbosa, o objetivo fazer um ato de protesto para “sensibilizar as autoridades e os jurados” logo no primeiro dia do julgamento. “A gente precisa fazer um grande estardalhaço que impeça que a sentença seja qualquer coisa diferente de eles voltarem imediatamente para a cadeia”, declarou, em entrevista ao Bahia Notícias, ao pedir “o apoio da imprensa”. Luiza Maia disse que “não aceitamos essa inversão de valores”, ao se referir ao fato de que as adolescentes violentadas estão “vivendo em outro estado, no programa de proteção à testemunha, enquanto eles, que praticaram um crime, comprovado, estão soltos”. Indagada se teria sofrido algum tipo de ameaça ou represália por liderar ações em favor da prisão dos membros da New Hit, a petista afirmou que foi procurada. “O pai de um deles foi procurar Caetano lá na UPB, querendo falar comigo e dizendo inclusive que tinha um laudo que provaria que não houve nada e que era conversa das meninas”, revelou, ao se referir ao ex-presidente da União dos Municípios da Bahia, Luiz Caetano (PT), que é seu marido. A deputada não foi ao encontro do pai do membro da banda e ressaltou que vai “alertar as pessoas” para observarem se a defesa apresentar o suposto laudo mencionado pelo pai de um dos acusados. “Esse laudo é falso”, concluiu. Segundo ela, já confirmaram a participação no ato marcado para a próxima segunda os prefeitos de Ruy Barbosa, Utinga, Ipirá, Macajuba, Itaberaba, Mundo Novo, Boa Vista do Tupim e Baixa Grande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário