Rádio Central Angico - Ba: Carlos Villagrán se despede do personagem Quico, de Chaves

domingo, 14 de abril de 2013

Carlos Villagrán se despede do personagem Quico, de Chaves


Ator fez sua última apresentação ao vivo no Brasil - 1 (© Francisco Cepeda AgNews)
O ator mexicano Carlos Villagrán se despediu de vez do público brasileiro apaixonado pelo seriado 'Chaves', na tarde deste domingo (14), durante o programa 'Domingo Legal', do SBT.
O intérprete do personagem Quico aposentará a roupinha de marinheiro e a bola colorida a partir de agora.
Segundo o ator, a idade avançada o tem deixado muito cansado para fazer as peripécias do personagem de 8 anos de idade. 'Eu quero agradecer o carinho de cada um. O Brasil é minha família. Mas eu tenho 69 anos e é difícil manter o mesmo pique. Então, em respeito ao Quico, eu vim aqui me despedir', contou ele, deixando o público triste com a notícia da despedida.


Durante sua participação na atração dominical, o personagem levou o público ao delírio tentando dar uma sambadinha, dançando 'Beat It' de Michael Jackson, e o antigo hit do funk brasileiro 'Um Tapinha Não Dói'.
A exibição da série mexicana é sucesso no Brasil desde 1984. O ator credita o retorno positivo do público à harmonia dos atores que compunham o elenco da série. 'Fomos uma família integrada por muitos anos. Nós éramos conectados por fios de forma que conseguíamos passar essa ligação para os espectadores', completou. 
Já descaracterizado, o ator retornou ao palco para receber uma homenagem final do programa. Todo sentimental, Villagrán afirmou que sempre está feliz, pois tem uma criança dentro dele. 'Eu penso que todos nós temos uma criança dentro de si. Isso é a sua felicidade. Então, não percam a criança que têm dentro de vocês. E no meu caso, a minha criança é o Quico.'


Criador recebe recado de Quico


A produção do 'Domingo Legal' preparou uma surpresa para Carlos Villagrán ao narrar um texto como se fosse o personagem Quico quem estivesse falando com ele.
O ator não aguentou a emoção e chorou muito.


Alguns trechos da narração relembraram momentos importantes da trajetória do personagem no seriado.
'Em todos estes anos que fomos companheiros, ninguém me amou e cuidou tanto de mim quanto você. Por mais que o Professor Girafales e minha mãe se amassem, ele era mais um tio para mim, do que um pai.
E você esteve comigo em todos os momentos, desde o dia daquela moeda perdida [tema do primeiro episódio do ator na série mexicana]. Meu verdeiro papi naquela vila sempre foi você.


Ainda que eu fosse um menino mimado, e sempre brigava com o Chaves, a Chiquinha e o Seu Madruga, você sempre encontrava uma saída engraçada para as minhas trapalhadas.
(...) E o mais curioso disso é que você, papi, foi quem me ajudou a fazer tanto sucesso com as crianças. Logo você que era tão pobre e não tinha brinquedos.


Meus versos que eu tanto repeti como, 'gentalha gentalha' são seus. E por mais que eu desejasse ter uma bola quadrada, eu sempre quis ter uma coisa que nunca tive: o meu papai. E eu nunca tive, nem o vi entrar naquela vila.
Eu demorei para perceber que o meu papai que eu queria tanto era você. E hoje é a primeira vez que posso dizer o que sinto, o quanto te agradeço e o quanto te amo.


Infelizmente, essa é a primeira e última conversa. Obrigado por ter me dado suas mãos, sua boca, suas bochechas, e o mais importante de tudo, seu coração.
E obrigado por ter me dado vida, eu nunca vou me esquecer de você e espero que você nunca se esqueça de mim, seu filho, Quico.


Deus te abençoe, Carlos Villagrán!'

Chorando muito, o ator agradeceu a homenagem e disse: 'Isso foi o que me aconteceu de mais bonito. Estar aqui, em outro país, é como se fosse uma recompensa de tudo o que eu fiz pelo Quico'.

MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário