Rádio Central Angico - Ba: Júri popular absolve acusado de homicídio em Mairi

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Júri popular absolve acusado de homicídio em Mairi

 
Na manhã desta quarta-feira, dia 17/04/2013, o Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Mairi, absolveu o réu ADELINO MOREIRA DOS SANTOS, acusado, de ser um dos autores do Homicídio, ocorrido na Fazenda Lajedo Bonito, no ano de 1990, que tiveram como vítimas os SDPM ALBINO SABINO DOS SANTOS E ALBERONE FERREIRA DOS SANTOS SOBRINHOS, respectivamente Delegado de Polícia Civil e Comandante da Polícia Militar de Capim Grosso/BA.

A sessão do Júri iniciou-se às 09:00 horas da manhã, sob a presidência da Juíza de Direito, Dra. LUIZA ELIZABETH DE SENA SALES MAIA, com a leitura da denúncia movida pela Justiça Pública, contra os réus ADELINO MOREIRA DOS SANTOS, JOSÉ MOREIRA DOS SANTOS E MIGUEL MOREIRA DOS SANTOS. Logo após foram sorteados sete jurados, para compor o conselho de Sentença.


Foram ouvidas apenas duas testemunhas de acusação, e um irmão do acusado em termo de declarações, as demais testemunhas fora dispensadas pela acusação e defesa. O réu foi interrogado, negando veementemente ser um dos autores do crime, afirmando que no dia dos fatos, encontrava-se
trabalhando em uma casa de farinha. Iniciado os debates o Ministério Público, através da Promotora de Justiça, Dra. LETÍCIA QUEIROZ DE CASTRO, pugnou pela ABSOLVIÇÃO do réu por falta de provas e indícios de autoria, em razão das testemunhas em seus depoimentos, afirmarem que Adelino não se encontrava no local do crime, tese também sustentada pela defesa patrocinada pelo Dr. Mário Francisco, advogado do réu.

Encerrados os debates os Jurados foram convidados, a adentrarem à sala secreta e proceder a votação, os quais foram a favor da ABSOLVIÇÃO de Adelino Moreira dos Santos, votando que ele não foi um dos assassinos dos SDPM ALBINO DOS SANTOS E ALBERONE FERREIRA DOS SANTOS SOBRINHO. Logo após a Juíza Presidente do Tribunal do Júri, Dra. LUIZA ELIZABETH DE SENA SALES MAIA, leu a Sentença, ABSOLVENDO o réu ADELINO MOREIRA DOS SANTOS, do crime de Homicídio Simples, determinando a expedição do competente Alvará de Soltura.
 
Entenda o caso:
 
Em 1990, os SD PM SDPM ALBINO SABINO DOS SANTOS E ALBERONE FERREIRA DOS SANTOS SOBRINHOS, respectivamente Delegado de Polícia Civil e Comandante da Polícia Militar de Capim Grosso/BA, foram até a Fazenda Lajedo Bonito em Várzea Roça, investigar denúncias de roubos de gado naquela região, crime de suposta autoria de José Moreira, um dos irmãos de Adelino. Depois de dada voz de prisão, um dos dois policiais entrou em luta corporal com José, quando foram atacados e mortos com golpes de facões, foices e picaretas, desferidos supostamente, por José e demais irmãos. Após os fatos, cinco irmãos Moreira foram presos, sendo depois, dois deles sequestrados e mortos por homens encapuzados que invadiram a delegacia de policia, sendo que os demais conseguiram fugir.

Em 2001 os réus, mesmo foragidos, foram pronunciados pela Juíza de Direito da Comarca de Mairi, Dra. Fabiana Andréa. No ano de 2011, Adelino Moreira dos Santos, foi capturado na cidade de Angical, no oeste do estado, quando tirava uma segunda via da sua carteira de identidade, sendo transferido para a Cadeia Pública de Mairi, onde ficou preso até o dia de hoje. Os demais réus foragidos e irmãos de Adelino serão julgados separadamente, mesmo que foragidos, em razão do desmembramento do processo, por motivo da desistência do seu advogado às vésperas deste Júri.


Informações prestadas, pelo Escrivão da Vara do Júri, Eduardo Ferreira dos Santos.

Fonte: Blog Mairi News

Nenhum comentário:

Postar um comentário