Rádio Central Angico - Ba: MATÉRIA COMPLETA SOBRE O ACIDENTE TRÁGICO QUE ABALOU VÁRZEA DO POÇO

domingo, 9 de junho de 2013

MATÉRIA COMPLETA SOBRE O ACIDENTE TRÁGICO QUE ABALOU VÁRZEA DO POÇO



Por volta das 02 hs deste domingo (09) um grave acidente ocorrido nesta madrugada no KM 335 da BR – 324 entre o distrito de Junco ao povoado de Paraiso envolvendo uma moto Honda XRE 300 cor vermelha ano 2012 de placa policial NZV 0859 de Várzea do Poço e um caminhão guincho GXM – 5610 de placa policial de Itaobim – Minas Gerais.


O caminhão guincho esta carregando uma maquina perfuratriz que teve problemas mecânicos por volta das 22 hs do sábado, o motorista Gustavo Pereira Souza Filho 34 anos colocou o caminhão no acostamento sinalizou toda a pista e devido aos perigos da estrada foi deitar no interior do veiculo.

Por volta das 02 horas da madrugada deste domingo o motociclista James Montinely Mota dos Santos 25 anos pilotava a moto Honda XRE 300 e bateu na traseira do caminhão vindo a óbito. No impacto a moto ficou parcialmente destruída, o jovem motociclista bateu na trazeira do caminhão e teve sua cabeça decepada.



Segundo o radialista Chinha de Várzea do Poço, um motorista de pré-nome Edson que ao perceber o acidente minutos depois, encontrou o celular da vitima desligado, ao ligar o celular buscando alguma identificação, um dos colegas que estavam com o James em uma festa no município de Quixabeira Tarcísio e Porrolinha ligaram e só assim o corpo do jovem foi identificado.

A Policia Rodoviária Estadual sob o comando do Sgtº Correa esteve no local juntamente com a Policia Técnica para fazer a pericia.


O jovem motociclista James Montinely Mota dos Santos era filho de Manoel João dos Santos, conhecido por Ninho de João Cabute e Neide de Sr. Aguinelo.

A cidade de Várzea do Poço amanheceu de luto pela morte prematura do jovem James que era muito benquista no município. O corpo foi encaminhado para o iML de Jacobina e já foi liberado, o enterro aconteceu no final da tarde deste domingo.
Diário da Chapada Informação todo dia.
Por Geraldo Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário