Rádio Central Angico - Ba: Manifestantes bloqueiam a estrada que liga Jacobina a Lages do Batata

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Manifestantes bloqueiam a estrada que liga Jacobina a Lages do Batata

 





Na manhã desta segunda-feira (8), centenas de motoristas bloquearam a BA-368, no trecho que liga Jacobina ao povoado de Lages do Batata, na altura da Serra do Tombador. O protesto tem objetivo de chamar a atenção do governo do estado para as péssimas condições desse importante trecho viário que dar acesso aos municípios do alto sertão.

Ônibus, carretas, caminhões, pequenos carros, começam a formar uma fila quilométrica, com muitas pessoas descendo dos veículos e tentando seguir para Jacobina a pé, tendo que percorrer uma distância de cerca de 20 km.

De acordo com os líderes do movimento, esse foi o último recurso depois de uma longa espera. Eles argumentam que desde 2007, quando fizeram a primeira manifestação, o governador Jaques Wagner se comprometeu com a recuperação da estrada, mas, passados, mais de cinco anos, apenas alguns tapa-buracos foram feitos pelo Derba. Porém, a prometida restauração da estrada ficou apenas no papel. "O governador enviou o secretário Batista Neves (secretario de Infra-Estrutura na época), ele garantiu que a estrada seria recuperada, mas, o tempo passou, e estamos nos sentindo lesados", comenta um dos taxistas que lidera o movimento.

O Notícia Livre apurou que um projeto de lei de autoria de Executivo Estatual está tramitando na Assembleia Legislativa. Pela proposta, esse trecho vário, entre Capim Grosso, passando por Jacobina, até Lages do Batata voltaria a integrar a BR-324, passando, assim, para o comando da União, com a responsabilidade da recuperação ficando a cargo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Em entrevista à imprensa, os líderes do movimento afirmam que só liberam a passagem com a presença do diretor-geral do Derba, Saulo Filinto Pontes , ou do secretário de Infraestrutura, vice-governador Otto Alencar.

Notícia Livre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário