Rádio Central Angico - Ba: São Paulo: Garoto matou a família e se suicidou, afirma a polícia

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

São Paulo: Garoto matou a família e se suicidou, afirma a polícia




A Polícia Civil afirmou ontem que o estudante Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, 13 anos, matou a família e depois se suicidou.
Os corpos dele, do pai, da mãe, da avó e da tia-avó foram encontrados anteontem à tarde, na casa da família, na Vila Brasilândia (zona norte).
Para chegar a essa conclusão, a polícia disse ter alguns indícios.
Um é o relato de uma testemunha, o melhor amigo do garoto, de que o menino dizia sonhar se tornar um matador de aluguel.
"Ele também afirmou a este amigo que tinha o desejo de matar os pais à noite e fugir de carro para morar em local abandonado", disse o delegado Itagiba Franco, do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).
A polícia diz que as mortes aconteceram entre a noite de domingo e a madrugada de segunda-feira.
O pai do garoto, sargento da Rota Luís Marcelo Pesseghini, 40 anos, a mãe, a cabo Andreia Regina Bovo Pesseghini, 36 anos, a avó, de 65 anos, e a tia-avó, de 55 anos, foram mortos com um tiro na cabeça de pistola .40. O garoto também. (Agora São Paulo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário