Rádio Central Angico - Ba: Médica deixa Hospital Aliança e vai para presídio feminino

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Médica deixa Hospital Aliança e vai para presídio feminino

Acusada pelo Ministério Público Estadual (MP-BA) de homicídio doloso triplamente qualificado por motivo torpe, a médica Kátia Vargas, de 45 anos, deixou o Hospital Aliança por volta das 9h15 desta quinta-feira (17). Ela foi internada na unidade médica na última sexta (11), após o acidente no qual morreram os irmãos Emanuel e Emanuelle Dias, no bairro de Ondina, em Salvador. Segundo a delegada Jussara Souza, titular da 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho), Kátia foi levada para o presídio feminino, no Complexo Penitenciário da Mata Escura. A médica deixou o local com o rosto coberto e um terço nas mãos. Kátia estava chorando, com o rosto entre as mãos. Ela estava acompanhada pela delegada Jussara e ficou sentada na viatura entre dois policiais, enquanto tentava cobrir o rosto. De acordo com a delegada, Kátia ficou em silêncio no interrogatório realizado no presídio. "Tudo seguiu dentro da normalidade. Estiveram presentes os promotores de justiça e os advogados. Nós procedemos ao interrogatório e estamos em fase conclusiva do inquérito. Temos prazo até sexta-feira para encaminhar à Justiça e assim iremos fazer. Ela foi orientada a dizer que só falaria na presença do juiz". Ainda nesta sexta-feira, a mãe das vítimas prestará depoimento na 7ª DT.

Fonte: Bahia Notícias / Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário