Rádio Central Angico - Ba: PF vai investigar site de notícia com declarações falsas de ministra

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

PF vai investigar site de notícia com declarações falsas de ministra

foto

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, determinou nesta quarta-feira à Polícia Federal a abertura de inquérito sobre a notícia com declarações falsas atribuídas à ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário. A matéria foi publicada no blog de notícias "Joselito Müller - jornalismo destemido" na terça-feira.
Sob o título "Maria do Rosário se comove ao ver vídeo de assaltante baleado", a notícia traz declarações falsas da ministra acerca de um vídeo publicado na internet no qual um policial militar atira em um assaltante que roubava uma motocicleta em São Paulo. Entre as frases atribuídas à ministra estão: "Tem que ser levado em consideração o fato de que essas pessoas, que não tiveram oportunidade de estudar, trabalhar e receber salários dignos, adquiri bens, são, na verdade, vítimas da sociedade. Por isso acabam enveredando para esse chamado 'mundo do crime'" e "É necessário compreender que quando uma pessoa dessas, vítima do capitalismo selvagem, atira em alguém, fomos nós que lhes demos a arma e a municiamos".
Em nota, a Secretaria de Direitos Humanos afirmou que pediu à PF “criteriosa investigação e responsabilização dos autores da notícia mentirosa”. “Da mesma forma, estamos solicitando à empresa que hospeda o site que retire o conteúdo difamatório do ar”, diz o comunicado.
“Sou defensora plena da liberdade de expressão, mas a manipulação é inadmissível”. O blog inventou declarações da ministra sobre o caso de um assaltante que foi baleado por um policial. “No caso específico, minha opinião é clara: o policial agiu dentro da lei”, disse a ministra por meio da nota.


CONFIRA A NOTA PUBLICADA NO SITE " PORTAL BRASIL"


Nota pública sobre falsas declarações atribuídas à Ministra Maria do Rosário


Ministra acionou Polícia Federal para investigar e responsabilizar autores de notícia mentirosa

A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) informa que a ministra Maria do Rosário solicitou à Polícia Federal criteriosa investigação e responsabilização dos autores da notícia mentirosa publicada no blog
Joselito Muller e amplamente repercutida na internet desde terça-feira (15). Da mesma forma, estamos solicitando à empresa que hospeda o site que retire o conteúdo difamatório do ar.
Ao atribuir falsas declarações à ministra, o blog comete um ato criminoso e fere princípios éticos fundamentais. “Sou defensora plena da liberdade de expressão, mas a manipulação é inadmissível”. O blog inventou declarações da ministra sobre o caso de um assaltante que foi baleado por um policial. “No caso específico, minha opinião é clara: o policial agiu dentro da lei”, disse a ministra.
A ministra alertou ainda que a internet tem, na maioria das vezes, se tornado uma aliada essencial para democratização da informação. No entanto, não pode converter-se em um território de espionagem nem tampouco de difusão de informações que violem os direitos das pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário