Rádio Central Angico - Ba: Números comprovam: Fred não gosta de fazer gol em time pequeno

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Números comprovam: Fred não gosta de fazer gol em time pequeno

 

Fred celebrou tento do Brasil contra Sérvia nesta sexta (© Djalma Vassão / Gazeta Press)
Fred celebrou tento do Brasil contra Sérvia nesta sexta
"

Foi bom ter marcado gol contra a Sérvia, é melhor assim, se não tivesse marcado e aparecesse aqui hoje para dar entrevista, estava morto."

Fred respirou aliviado ao balançar a rede sexta-feira passada, no Morumbi - o gol da vitória contra os sérvios -, depois de ter passado em branco nos 4 a 0 sobre o Panamá, três dias antes, no Serra Dourada.

Mais pela pressão das possíveis perguntas dos jornalistas do que pela seca de gols. Fred não se aflige quando deixa de cumprir sua função em partidas contra equipes de menor expressão, como o Panamá. Ele sabe que sua ‘praia' é outra.

"Tô loco pra começar logo a Copa. Tenho certeza que vão ser jogos mais difíceis, e pro meu estilo de jogo vai ser melhor os jogos apertados, puxados, quando a equipe vai me ter mais como referência", disse o atacante durante entrevista coletiva nesse domingo.

Assim como não marcou contra o Panamá e marcou contra a Sérvia - "com o Panamá sabíamos que ia ser um jogo mais fácil", analisou -, na ‘Era Felipão', Fred tem o costume de ser lembrado apenas nos confrontos ‘casca grossa.'

Sob o comando de Luiz Felipe Scolari, o artilheiro do Fluminense não fez gol em amistosos contra: Panamá, África do Sul, Suíça, França, México e Japão.

E alterou o placar contra: Sérvia, Inglaterra - em duas partidas diferentes -, Rússia e Itália.

Com exceção da ausência contra os franceses, Fred pode dizer que quando o rival era realmente duro, ele não decepcionou.

Na campanha do título da Copa das Confederações , ele foi criticado por não marcar gols nas duas primeiras rodadas, com mexicanos e japoneses. Calou as críticas fazendo dois contra a Itália, um contra o Uruguai e outros dois em cima da Espanha, na decisão.

Nem todo mundo tem paciência com Fred. Mano Menezes, ex-treinador da seleção, convocou o camisa 9 no início de sua passagem, o levou à Copa América de 2011, mas logo o descartou.

Até Felipão alcançar o comando no início do ano passado, a última aparição do hoje titular do Brasil com o uniforme canarinho havia acontecido em 2012.

"Graças a Deus Felipão assumiu a seleção. Ele adora jogar com centroavante e me deu mais oportunidade, inclusive quando eu estava passando por um período difícil, na Copa das Confederações. Ele teve confiança em mim."
Fred: relembre momentos da carreira do centroavante na seleção de Felipão (© Reuters)
Fred: relembre momentos da carreira do centroavante na seleção de Felipão (© Reuters)Fred: relembre momentos da carreira do centroavante na seleção de Felipão (© Reuters)Fred: relembre momentos da carreira do centroavante na seleção de Felipão (© Reuters)
Fred: relembre momentos da carreira do centroavante na seleção de Felipão (© Reuters)Fred: relembre momentos da carreira do centroavante na seleção de Felipão (© Reuters)Fred: relembre momentos da carreira do centroavante na seleção de Felipão (© Reuters)

Nenhum comentário:

Postar um comentário