Rádio Central Angico - Ba: Fiscalização apreende mais de uma tonelada de carnes, produtos vencidos e de procedência duvidosa em Jacobina

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Fiscalização apreende mais de uma tonelada de carnes, produtos vencidos e de procedência duvidosa em Jacobina

 
Na manhã desta quinta-feira, 14, houve uma coletiva de imprensa na Promotoria de Justiça em Jacobina, onde foi apresentado um balanço da força tarefa realizada pelo Ministério Público e Vigilância Sanitária na apreensão de carnes clandestina em açougues e mais 54 tipos de produtos vencidos e de procedência duvidosa em supermercados da cidade.

Na ação foram apreendidos 773 Kg de carnes, 113 Kg de frango, 162 Kg de peixe, 349 Kg de manteiga, 129 Kg de queijo além de carne suína, bacalhau, camarão, ovos, refrigerantes, produtos de higiene e de procedência duvidosa. Mais de 1.300 Kg de produtos em desconformidade exigidas pela defesa do consumidor foram retirados de circulação e descartados no aterro sanitário (lixão) em Jacobina.

Segundo a Drª Rocio Garcia da 4ª Promotoria Pública, a fiscalização será feita nas 16 cidade que compreende a 16ª Dires, onde uma equipe irá inspecionar principalmente o comércio de carnes.

Perguntada sobre quando o frigorífico 'Frigo Cezar' estará funcionando, Drª Rocio disse que foi prometido para 1º de setembro, mas, que o MP não poderá ficar no aguardo do funcionamento de um frigorífico privado para agir em defesa do consumidor, disse ainda que existe outros frigoríficos, a exemplo de Riachão do Jacuípe, que distribui pra toda região.

A equipe composta pelas promotoras: Drª Rocio Garcia, Drª Milena Moreschi e o Drº Pablo Almeida se mostrou surpresa, pois além da apreensão de carnes praticamente podres e sem acondicionamento necessário e vencidas há 5 meses, foram apreendidos refrigerante vencidos há 5 meses e também produtos de higiene vencidos há 1 ano e 2 meses. Nas visitas foram encontrados estabelecimentos que tinham apenas uma pequena parte de carne inspecionada e o restante clandestina. Fonte: Augusto Urgente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário