Rádio Central Angico - Ba: Riachão: Acidente entre caminhões quase termina em tragédia na BR-324

sábado, 9 de março de 2013

Riachão: Acidente entre caminhões quase termina em tragédia na BR-324

image Houve risco de vazamento de produtos quimicos.

Na tarde desta quinta-feira (07) por volta das 17hs40, por pouco um acidente não teve consequências graves no Km 540 da BR-324, entre Riachão do Jacuípe e o povoado de São João, uma carreta de placa OKL-2124 e JOK-3719 ambas de Camaçari-BA, carregada com cianureto e amônia seguia de Salvador para Juazeiro, quando ao chegar neste trecho se deparou com dois veículos, um caminhão MB-710 de placa NZU-2811 licença de Feira de Santana-BA e uma caminhonete F-4000 placa JLZ-5419 licença de Candeal.
Ao perceber que os dois veículos reduziram a velocidade bruscamente, o motorista da carreta tentou parar mais não teve tempo, ele bateu no fundo do MB baú que acabou atingindo a F-4000, e a jogou para a ribanceira espalhando na pista a carga de lenha que a mesma levava.

Segundo o motorista do MB baú, o motorista da F-4000 vinha fazendo "zig-zag" na pista, e freou bruscamente, para se livrar ele jogou pra contra mão mas vinha um carro pequeno, e quando viu foi só o impacto no fundo de seu caminhão.
"Eu senti o tombo foi rápido de mais, ainda deu para desviar um pouco, foi minha sorte, se não uma tora dessa poderia entrar pelo para-brisa e até me mata". Disse Rogério, motorista do MB baú.
Segundo informações do motorista da carreta, que não quis se identificar e nem gravar entrevista, o motorista da F-4000 tinha sinais de embriagues e assim que saiu da caminhonete pulou a cerca, e saiu correndo por dentro dos matos e desapareceu.
Não houve feridos, aconteceu um risco de vazamento da carga química da carreta, mas outro motorista de uma carreta da mesma empresa, que seguia no destino contrario ao do colega, parou para ajuda-lo e tomou as providencias para que o produto não vazasse, os veículos ficaram na pista até às 21hs quando com a presença da PRF (Policia Rodoviária Federal), foram retirados liberando o transito normal, pois o mesmo havia ficado em meia pista por conta da carreta que ficou com os eixos destruídos sem poder rodar, parada em cima da via na mão em que seguia.
 Por Alana Adrielle.

Nenhum comentário:

Postar um comentário