Rádio Central Angico - Ba: Caém: Pai quer justiça para homem acusado de estuprar menina de 11 anos

terça-feira, 28 de maio de 2013

Caém: Pai quer justiça para homem acusado de estuprar menina de 11 anos



Ramário Pires Macedo, Maria de Lourdes de Lima e a garota A. L. M., de 11 anos (de costas) estiveram na redação do Corino Urgente, na manhã desta segunda-feira, 27, para denunciar homem acusado de estuprar a menor; à direita o acusado, Marcos Antônio Gama Matos, conhecido por "Marquinhos"

Ramário Pires Macedo, de 62 anos, e Maria de Lourdes de Lima procuraram a redação do Corino Urgente, na manhã desta segunda-feira, 27, para denunciar um caso de estupro que teria ocorrido dias antes da eleição de outubro de 2012, no povoado de Gonçalo, na saída para Lajedinho, no município de Caém.
Ele trouxe um mandado de prisão preventiva, assinada pelo Juiz Dr. Vicente Reis Santana Filho, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Jacobina, no dia 26 de novembro de 2012, contra o acusado Marcos Antônio Gama Matos, o "Marquinhos", funcionário público.
"Logo depois que aconteceu o fato, eu procurei a delegada que me encaminhou para a delegacia de polícia de Jacobina e depois para a Promotoria Pública, pois fiz o meu papel de procurar a Justiça", disse Ramário Pires, acrescentando que "sou pobre, mas a Justiça existe para isso, a Justiça tem que valer".
Segundo informações de Ramário, outro acusado de estupro contra a mesma criança, Sabino Carvalho dos Santos, está preso no município de Serrinha.
A mãe, Maria de Lourdes Lima, disse que "espero Justiça, pois ele desgraçou a minha vida, acabou com a vida da gente".
O pai finalizou, emocionado: "Já perdi 11 quilos depois disso, as roupas de minha mulher não servem mais nela, a nossa vida acabou. Quero que ele acabe o resto da vida dele atrás das grades, na cadeia, pela maldade que fez com a minha filha. Ele me chamava de 'Pai Velho' e a minha filha de 'Irmã' e fez uma covardia dessa. Hoje continuo sendo ameaçado de morte, além de ouvir falso testemunho, coisa que nunca se passou na minha vida. Eu tenho 62 anos, sou nascido e criado em Lajedinho e isso nunca me aconteceu."
O casal forneceu à redação do Corino Urgente cópias do mandado de prisão preventiva expedida pelo Juiz e a denúncia feita pelo Ministério Público do Estado da Bahia.
 
As informações são do blog Corino Urgente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário