Rádio Central Angico - Ba: Morre menina baleada ao defender o pai em GO

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Morre menina baleada ao defender o pai em GO


Hospital de de Goiânia confirmou a morte cerebral

A menina Kerolly Alves Lopes, de 11 anos, morreu na noite deste domingo, 5. O Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) confirmou nesta segunda-feira, 6, a morte cerebral da criança, que foi baleada ao tentar defender o pai durante uma briga em uma pizzaria em Aparecida de Goiânia, no dia 27 de abril.

Os médicos explicaram que o estado da menina era muito grave, pois a bala atravessou o seu crânio. Após dar entrada no hospital, ela passou por uma cirurgia e teve seu quadro avaliado durante os últimos oito dias. Como não apresentou nenhuma evolução, a equipe médica conclui o protocolo de morte cerebral às 20h deste domingo.

Kerolly foi baleada enquanto tentava defender o pai de uma briga. Sinomar Lopes, pai da criança, discutiu com o dono de uma pizzaria que atirou contra ele e suas duas filhas. A discussão foi gravada pelas câmaras de segurança da pizzaria. As imagens mostram as duas meninas abraçando o pai na tentativa de afastá-lo da confusão.
MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário