domingo, 14 de julho de 2013

Em Conquista, manifestantes entraram em lojas que funcionavam para exigir fechamento

 

Na cidade, os manifestantes pedem redução da tarifa de ônibus, passe livre, entre outras coisas

O Dia Nacional de Luta em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, contou com a participação de 13 sindicatos e mais de 20 movimentos sociais. Apesar dos protestos, algumas lojas da cidade resolveram abrir as portas e funcionaram normalmente, gerando revolta em grupos que estavam se manifestando.

Alguns participantes dos protestos chegaram a entrar em lojas para tentar interromper o expediente e pedir que os demais trabalhadores fechassem as portas dos estabelecimentos.


Na cidade, os manifestantes pedem redução da tarifa de ônibus, passe livre para estudantes e pessoas sem emprego, entre outras reivindicações mais gerais, como 10% do PIB para a educação, reforma agrária e outras pautas.

As imagens dos protestos em lojas foram feitos pela equipe da Foto Abram de Ícaro Produções.

Correio 24h

Nenhum comentário:

Postar um comentário