Rádio Central Angico - Ba: Suspeita de pirâmide, Multiclick tem sede devassada pela Polícia Civil

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Suspeita de pirâmide, Multiclick tem sede devassada pela Polícia Civil

 

Suspeita de pirâmide, Multiclick tem sede devassada pela Polícia Civil
A Polícia Civil de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, apreendeu carros e documentos da empresa de “marketing multinível” Multiclick. O órgão investiga se a empresa cometeu supostos crimes de lavagem de dinheiro e estelionato. Ela também é investigada, assim como a Telexfree e a BBom, como possível pirâmide financeira. No caso da Multiclick, os interessados tinham de pagar taxas de adesão de R$ 600 a R$ 2.750, com promessa de lucrarem que ia de R$ 160 a R$ 800 por mês por meio da colocação de anúncios na internet e da atração de mais pessoas para a rede. Segundo o portal IG, a busca e apreensão foi determinada no âmbito da investigação criminal contra a empresa e os sócios e, segundo o delegado Márcio Colatto, responsável pelo caso, ninguém foi preso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário