Rádio Central Angico - Ba: Colégio pede que aluno corte cabelo crespo e não rematricula garoto

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Colégio pede que aluno corte cabelo crespo e não rematricula garoto

 

Colégio pede que aluno corte cabelo crespo e não rematricula garoto

Um colégio em Guarulhos, na Grande São Paulo, pediu que um de seus alunos cortasse o cabelo crespo. Com a negativa da mãe, o menino não pôde ser rematriculado na escola Cidade Jardim Cumbica. Maria Izabel Neiva relatou ao Bom Dia Brasil que recebeu em agosto um bilhete da professora do filho, com um pedido para que o garoto usasse um corte de cabelo mais curto, que não caísse no olho. “Vim conversar com ela [diretora] pessoalmente, passei umas duas ou três horas, e falei que não atrapalha em nada o cabelo dele. Ele enxerga normalmente, o cabelo não está no olho, não atrapalha em nada. Mas ela disse que 'atrapalha os colegas a enxergar a lousa'. Ela [diretora] falou que o cabelo dele 'é crespo, cheio e inadequado. Venhamos e convenhamos, mãe'”, contou. De acordo com a mãe de Lucas Neiva, de 8 anos, a diretora alegou ainda que [esse tipo de] “cabelo [black power] não é usado no colégio pelos alunos”. A Polícia Civil abriu inquérito por racismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário