Rádio Central Angico - Ba

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Grupo invade hospital e executa acusado de envolvimento na morte do PM em Valença

Quatro homens armados e encapuzados pularam o muro da Santa Casa de Misericórdia de Valença por volta das 03h da madrugada desta sexta-feira,10, exigiram que um policial abrisse a grade e o mesmo teria alegado não ter a chave, quando os desconhecidos arrombaram o portão e se dirigiram até o leito onde estava internado Édipo de Jesus Andrade, conhecido por Gazo (foto), com sete tiros de vários calibres todos na cabeça. Gazo que trabalhava de mototaxista era acusado de participar da morte do Policial Militar João Tiago Leite Machado, 28 anos, que estava a passeio na Praia de Guaibim e foi morto na madrugada do dia 31 de dezembro 2013.
Segundo informações, após o momento de terror sofrido por pacientes e enfermeiros, foi visto aos arredores da Santa Casa um Focus preto. A Polícia Militar fez rondas em busca dos elementos, mas sem êxito.
Vale salientar que o Policial Militar que tomava conta do preso (Gazo) está em estado de choque, sendo encaminhado aos aposentos da 33ªCIPM.
O policial morto que era lotado na companhia PM de Gandu era natural do no Distrito de Bravo, município de Serra Preta onde foi sepultado.
Informações Repórter Urgente

Nenhum comentário:

Postar um comentário