Rádio Central Angico - Ba: Justiça determina que Correios devolvam valor descontado de grevistas

sábado, 31 de maio de 2014

Justiça determina que Correios devolvam valor descontado de grevistas

 

Justiça determina que Correios devolvam valor descontado de grevistas
Paralisação durou 42 dias
A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) terá de devolver aos grevistas os valores indevidamente descontados da remuneração dos trabalhadores. A ação é da 1ª Vara do Trabalho de Brasília (DF) que determinou que os Correios cumpram o que foi decidido no Dissídio Coletivo da categoria (n. 1853-34.2014.5.00.0000). A empresa tem dez dias para cumprir a decisão liminar dada em favor da Federação Nacional dos Empregados em Empresas de Correios, Telégrafos e similares (Fentect). Segundo a decisão, a ECT realizou descontos indevidos na remuneração dos empregados no mês de abril, o que estaria além dos limites estabelecidos na sentença de Dissídio tomada em março deste ano. Na época, ficou definido que a empresa descontasse, na folha de pagamento do mês de abril, 15 dias de salário de cada empregado grevista. “Contudo, depreende-se dos contracheques juntados que além do salário, a ré [Correios] descontou, também, parcela referente ao auxílio-alimentação, exacerbando, assim, os limites da referida decisão”, afirmou o juiz Rogério Neiva, da 1ª Vara do Trabalho. A audiência inaugural foi marcada para o dia 23 de setembro, às 14h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário