Rádio Central Angico - Ba: Macajuba se apresenta e diz que terreno motivou o crime

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Macajuba se apresenta e diz que terreno motivou o crime

                                                  

O comerciante Flávio Albergaria de Oliveira, de 33 anos, teve o mandado de prisão temporária cumprido, nesta terça-feira (28), ao se apresentar no Departamento de Polícia do Interior (Depin) acompanhado de dois advogados. Segundo a polícia, ele assassinou a tiros o prefeito da cidade de Macajuba, Fernão Dias Ramalho Sampaio, 67, no dia 2 de abril deste ano. Interrogado pelos delegados José Augusto Saldanha, titular da 12ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Itaberaba, e Marcelo Moreira Cavalvanti, que responde pela Delegacia Territorial (DT) de Macajuba, Flávio disse que o crime foi motivado pela desapropriação que a prefeitura promoveu de um terreno pertencente à sua família. O veículo utilizado na ocasião por Flávio, um Fiesta Sedan, de cor preta, placa JRQ-6095, foi localizado pela polícia num sítio, nas proximidades da cidade, no dia seguinte ao crime. De acordo com o delegado Marcelo Cavalcanti, o prefeito parou seu veículo na rua principal da cidade, para cumprimentar um irmão, que caminhava pela calçada, quando foi surpreendido pelos disparos efetuados por Flávio. O homicida o aguardava a bordo do Fiesta e, ao avistá-lo, desceu e foi em direção à vítima com um revólver calibre 38 em punho. Dezenas de pessoas presenciaram o crime. O comerciante disse que jogou a arma do crime num matagal. Ele não tem passagens anteriores pela polícia. (Aratu)

Nenhum comentário:

Postar um comentário