Rádio Central Angico - Ba: Mairi: Profissionais da Educação realizam mais um protesto e encontram a prefeitura fechada novamente

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Mairi: Profissionais da Educação realizam mais um protesto e encontram a prefeitura fechada novamente

Mais uma vez a Gestão “Construindo uma Nova História” do prefeito Raimundo de Almeida Carvalho, popular Raimundo Dentista, fecha as portas da Prefeitura Municipal de Mairi, para não dar satisfação aos profissionais da Educação “Seletiva” de Mairi.

Mesmo sabendo que a Prefeitura e a Secretaria da Educação estavam fechadas, a APLB/SINDICATO-MAIRI, foi pras ruas mais um vez mostrar a população a falta de compromisso do gestor atual com os profissionais da educação.
Antes de saírem da sede da APLB, o presidente Adelson, formou uma comissão e foram até o Fórum, tentar entrar com um Mandato de Segurança contra o prefeito Raimundo Dentista, mas foram informados que o Fórum entra amanhã, 20/12, em recesso Florence e com isso o gestor só iria responder o ano que vem. Sendo assim desistiram de entrar com o Mandato de Segurança. 
Em seguida, saíram atrás de um carro de som andando pelas ruas da cidade em direção a prefeitura Municipal, onde lá mais uma vez falaram para as pessoas que estavam escutando a real situação que se encontram os profissionais da Seletiva do município de Mairi.
De acordo com Adelson, presidente da APLB/Sindicato-Mairi, em novembro de 2016, a Prefeitura Municipal de Mairi recebeu a quantia de R$ 1.143.000,00 (um milhão cento e quarenta e três mil reais) do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). Adelson durante a sua fala durante a manifestação fez outra denuncia. “Parte dos professores que foram exonerados com salários atrasados, ainda não receberam”, além dos profissionais da educação a Prefeitura Municipal de Mairi está devendo os conselheiros tutelares, motoristas do transporte escolar entre outros servidores.
Somos cidadãos formados da sociedade. Exigimos respeito, dignidade e igualdade.

Da redação do Mairi News

Nenhum comentário:

Postar um comentário