Rádio Central Angico - Ba: Normas de embarque devem ser revistas após caso de sargento com cocaína em avião da FAB

quinta-feira, 27 de junho de 2019

Normas de embarque devem ser revistas após caso de sargento com cocaína em avião da FAB

Normas de embarque devem ser revistas após caso de sargento com cocaína em avião da FAB
Foto: Divulgação


A prisão do 2º sargento da Aeronáutica de iniciais M.S.R. em Sevilha, na Espanha, após ter chegado ao país com 39 quilos de cocaína será alvo de um Inquérito Policial Militar (IPM) por parte da Força Aérea Brasileira (FAB).

Entre os objetivos da investigação, conforme reportagem do Estadão, está o embarque e transporte da droga na aeronave militar, que foi para a Espanha com três equipes de tripulação que trabalhariam na comitiva do presidente Jair Bolsonaro durante a segunda etapa da viagem ao Japão, onde participará de reunião do G-20.

O sargento em questão é comissário de bordo, mas na ocasião não atenderia ao avião presidencial, e sim ao avião reserva. Conforme apurado pelo Estadão/Broadcast, o episódio poderá levar à revisão das normas de embarques em aviões militares e da comitiva presidencial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário